Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu Varufakis porque me apetece!

Sou louco, tenho 46 anos e há na loucura um prazer que só os loucos conhecem.

Sou louco, tenho 46 anos e há na loucura um prazer que só os loucos conhecem.

O Varu Voltou, podem me "Xingar"!

A respeito dos refugiados e de tantos outros que andam por ai a vaguear.

Em primeiro lugar temos de saber distinguir o que é um refugiado entre toda uma série de qualificações para pessoas que pretendem de mudar de pais, continente só porque procuram uma vida melhor.

As reformas devem ser estruturais e nunca conjunturais, não podemos olhar para o sítio para onde se deslocam sem que antes saber de onde partem e porque partem.

Isto é triste, o mundo é triste, este mediatismo criado à volta de barcos, cheios de tipos com 20 e 30 anos, em forma, que o sonho deles é jogar à bola e entre outras coisas, se calhar lá no fundo é… Trabalhar!

E no entanto fazemos disto um espetáculo triste à moda de uma boa tragédia Grega!

Não contem comigo, recuso-me a olhar para isto de modo minoritário, não é… Muitos desses países são maiores que o nosso pequeno Portugal, sim… Há por lá mais Alentejo, mas não há por lá tão nobre povo como os nossos guerreiros Alentejanos, pois esses, fizeram do pó e do pão e água o seu modo de sustento.

É um facto, percorremos o mundo à procura de um mundo melhor, ainda o hoje o fazemos e eu tenho um filho lá do outro lado do mundo.

Digam-me… Os mexicanos fogem do quê? O México é uma das economias mais promissoras do seculo XXI são efetivamente quase tão corruptos como em Portugal, só lhes falta um Free-Port, no entanto eles não se preocupam nada em usar as crianças em prol dos seus interesses próprios.

Não olho para isso, da forma como se fala, olho mais para o que foi aprovado na Hungria, para as extremas-direitas a crescer por esse mundo fora, por ter políticos que foram condenados e reeleitos em braços pelo povo.

Por favor parem de olhar para fora, a mudança começa em nós, se sou racista, sim sou, não quero ter ciganos a morar no prédio, nem no prédio ao lado.

É triste sim, é… E sabem porquê, porque eles não sabem respeitar e viver em comunidade.

Já visitei países africanos em que os muros que os separam, dava para fazer 10 entre os Estados Unidos e o México!

Que hipocrisia reina neste mundo!

Devemos acima de tudo ter a noção de que o problema é estrutural e que se arrasta há décadas, seculos, não sendo por isso um problema deste ou aquele presidente.

No entanto e porque a situação exige reflexão, temos de entender que o México deixa que sejam tiradas fotos a crianças a dormir do outro lado do arame!

É fácil ser-se popular quando uma foto mostra o outro lado, ainda que o nosso lado por vezes seja tão ou mais perverso e triste.

12 comentários

Comentar post