Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu Varufakis porque me apetece!

Sou louco, tenho 46 anos e há na loucura um prazer que só os loucos conhecem.

Sou louco, tenho 46 anos e há na loucura um prazer que só os loucos conhecem.

O Varu com opinião!

Quando o odio é o mais forte dos sentimentos, vivemos na era em que o que move o mundo não é o amor, a fraternidade nem a condescendência ou sentimentos do género, o que move as pessoas é o odio e tudo o que de bom e de mau ele nos traz.

Eu já não falo em racismo, feminismo, machismo, xenofobia e outras tantas coisas acabadas em “ias”

Para onde eu mandava de facto algumas pessoas “ias para ai, ias…” Mas não até porque não sendo eu um bicho bem-educado hoje não me apetece!

Irrita-me as pessoas que só falam das coisas quando lhes apetece, ou quando odeiam alguém e fazem disso arma de arremesso, esquecendo-se muitas vezes do passado e usam e abusam de slogans de circunstância.

Acho que o Trump sempre irá servir para alguma coisa de útil ao “mundo” após mais um massacre feito por mais um parvalhão naquela terra de gente parva, que me desculpem as vítimas e familiares das vítimas mas ali a concentração de gente parva é mesmo muito elevada.

Achei piada fazerem uso de sobreviventes para uma campanha contra o Trump, e contra o uso de armas.

Desde que me conheço que vejo ano após ano esta discussão a ser levada à praça pública com os mais diversos interesses políticos, sociais e económicos a serem debatidos e tidos em consideração, acabando sempre por prevalecer o interesse das armas e tudo o resto são manobras de diversão.

Ao ponto do eis presidente, agraciado com um Nobel da paz, nada ter feito parta alterar a lei de compra, posse e uso de armas naquela nação de vaqueiros e cowboys!

Agora, parece que finalmente o odio que a nação nutre (ou pelo menos parte dela) pelo Trump os vai levar a uma cruzada sem precedentes para acabar com tão famigerada lei!

Valha-nos o odio e o poder das massas, finalmente ao que parece algo vai mudar naquela triste nação.

Trump afinal vais deixar legado!

 

O Varu não assedia, mas a primeira varuzinha que vier...

Dizer que foi assediada por mim na primária leva uma enorme carga de palmadas na nádega esquerda do rabinho!

Não há qualquer tipo de explicação para aparecer alguém (normalmente são Gajas) a dizer que foram assediadas em 1966 ou algo do género.

Que na altura para obterem determinado tipo de trabalhos, tiveram de entrar em jogos, fumar umas ganzas, lamber e snifar uns riscos e sabe-se lá mais o quê.

Há uns anos atrás falava-se do Taveira e das meninas do técnico que pagam as propinas e as corridas de táxi  com a boca ou para as mais afoitas com o rabinho.

Agora é moda dizer-se que os homens são os maus da fita que é tudo assédio que anda tudo a comer da mesma gamela!

Não, não é mesmo nada disso, acredito que ande por ai muita gente má, que faz uso do seu poder para se valer de algum sexo ou algo do género, mas acima de tudo também penso que ande por ai muito boa menina que tenha feito uso do seu corpinho e dotes para atingir muito patamar que tão famintamente ambicionasse.

Para mim, e visto que nunca vou ter a hipótese de ter uma gaja a trabalhar para mim, se alguma vez isso porventura acontecesse, ela teria de cumprir escrupulosamente as regras, ou andava tapadinha ou então ia ter de levar com o Varu mais gordinho e careca da praça a perguntar, São suas? A sério para a próxima não as traga, ou então venha de gola alta, assim eu não consigo trabalhar.

A mim sempre me ensinaram que quando não estamos bem, damos de frosques!

Não deixamos que nos saltem em cima para depois de 20 anos vir a terreiro dizer, " Ai e tal fiz os filmes mas tive de lhe dar uns beijinhos na cabecita!"
Cada vez gosto menos do mundo, quem me dera que andassemos todos nus que cada um desse uma boa ou má queca em quem lhe apetecesse, sem que um qualquer 1ª ministro diga que não se pode comer ninguem no trabalho!

Mas anda por ai alguma empresa ou instituição que não haja essa desbunda?
Ok na minha não há, trabalho sozinho e tenho pouco jeito para amendoins!

Mas eu sou um gajo sério na pior das hipoteses só fico meia hora a olhar para as mamas porque ainda tenho uma lente antiga (preciso de focar) e tenho um processador mental antigo (preciso de entender).

Prontuuus, de maneiras que é assim... Estão avisadas não aceitem trabalhar para mim se eu algum dia me tornar num empresário de sucesso.

 

 

O Varu afinal até percebe da poda!

Quer dizer, perceber, perceber até não percebo, não deixo é de ter uma mania descomunal de que percebo!

Enfim... Terminou o primeiro semestre, ele já terminou a alguns dias  ou até semanas, eu é que tive de viajar e viajei com o amendoim apertadinho, tal era o medo de ter de ir a exame a algumas disciplinas onde estava assim um tudo ou nada pouco confiante ali no limiar da pobreza.

Ou seja todas as disciplinas com números, dadas por professores a coisa estava negra, todas as outras que eram lecionadas por professoras a coisa não estava mal de todo, estarei eu a ver aqui algum padrão?

Não, nada disso, até porque aqui o Varu, acabou por se safar a todas as cadeiras e até mesmo à terrível matemática onde de facto sou um um triste a derivar e a fazer intregraís para não falar de coisas bem mais dificeis das quais nem sequer me lembro o nome quanto mais as formulas!

E há também os teoremas de Lagrange, Euler,entre outros gajos que nunca deviam ter tido uma vida sexual activa e como tal deu-lhes para inventar estas merdas só para me lixar o juízo!

Bem uma coisa é certa, penei a bom penar, continuo a não perceber meio amendoim daquilo, mas alguém me disse que o mais difícil seria o primeiro semestre que depois todos os outros seriam menos dificeis, não faço a mínima ideia se assim será ou nem por isso mas o que sei é que um já cá canta e acreditem que só não dei pulinhos porque estou todo roto e queimadinho, ao ponto de ter metido as chaves à porta no prédio ao lado e quase ter levado um tiro, ser mordido por um daqueles cães com menos de 30 cm mas que são fera e ido preso por tentativa de arrombamento  e invasão de propriedade!

Parecia o JJ a falar Espanhol, como é que um bicho como eu explica a alguém furioso que me enganei no prédio e em tudo!

Estas coisas acontecem-me mesmo que não ande cansado mas eu usei isso como desculpa!

Pronto, quero agradecer a todas as Varuzinhas que aqui continuam a "vir" é com muito prazer que assisto a essa vossa missão de estar aqui no colinho do Varu!

Beijos nesses umbiguinhos branquinhos a precisar de sol!