Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu Varufakis porque me apetece!

Sou louco, tenho 45 anos e há na loucura um prazer que só os loucos conhecem.

Sou louco, tenho 45 anos e há na loucura um prazer que só os loucos conhecem.

O Varu vai com as Varuzinhas para os Copos!

Portugal, terra de Putas e Vinho verde!


A propósito de todas estas tretas do direito de expressão, de dar voz às minorias e até pelo facto de não podermos condicionar vontades e direitos!


Toda a gente diz o que lhe vai na alma, a diferença é que quem exulta a favor da ditas causas sociais da liberdade de direitos é aplaudido e quem ousa a dizer algo que é politicamente menos correto é literalmente comido na praça pública.


Assim e ao abrigo do direito à opinião, temos casos de gajos como aquele deputado europeu que fala do direito das mulheres, que são de facto fraquinhas e que devem ficar sempre por baixo (coitado um dia que proves uma por cima nem sabes o que vais gostar!)


Seguindo e andando até chegar ao dito presidente do Eurogrupo com um nome tão estranho que até me dá nojo!


Este fez-me lembrar uma vez um Alemão que falava comigo numa conversa super informal a respeito dos Gregos, dizendo-me que eles não tinham futuro, que um dia seriam única exclusivamente mão-de-obra pouco qualificada e barata a trabalhar na Alemanha e afins!


Fiquei em pânico e respondi-lhe ao ser Português que provavelmente no futuro iria ser o seu jardineiro! (Coitado, quase que cavou ali um buraco)


Somos sim, uma nação de putas e vinho verde, adoramos gajas (Pronto lá vem uma qualquer associação culpar-me de descriminação) petiscos e noitadas, mas devo dizer que prefiro ir às putas na Holanda, ou até na Alemanha, em relação à Cerveja só mesmo na Alemanha.


Entendo perfeitamente a inveja do nosso modo de vida, eu também invejo o deles, ter a liberalização das drogas, sexo legal e com pagamento de impostos e algumas outras coisas que de facto até são melhores que nós.


Mas e há sempre um mas, nós aqui à beira mar plantados temos muito mais que isso e se não temos mais ainda é porque em alguns casos somo pequenos e mesquinhos, olhamos só para as coisas no momento, somos ótimos em fazer campanhas e aderir a causas.


Na minha opinião somos pouco práticos, muito pouco objetivos e com muita pena minha estamos a voltar ao passado e a cometer os mesmos erros, temos uma enorme capacidade de improvisação o dito desenrasque mas temos uma fraca capacidade de organização e de aprendizagem.


Lamento muito que assim seja, lamento ainda mais que a Holanda esteja tão longe, agora ia lá a uma casa da especialidade!

E Prontus, de maneiras que é assim!

8 comentários

Comentar post