Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu Varufakis porque me apetece!

Sou louco, tenho 45 anos e há na loucura um prazer que só os loucos conhecem.

Sou louco, tenho 45 anos e há na loucura um prazer que só os loucos conhecem.

O Varu em Versão natal e sexista!

Ora como já vos disse, não sou nada dado ao natal nem às compras nem as essas coisas todas, até porque o varu é um tipo sem imaginação para prendas!


No que à mais que tudo diz respeito, comprei um daqueles robots de cozinha todos XPTO e vocês não imaginam as voltas que dei até encontrar o que queria!


Ao que parece ninguém oferece disso, mas está tudo esgotado!


Pá não me lixem a dizer que eu sou machista, sexista e outras coisas acabadas em “ista!”


Se não vejamos, comecei o ano com a avaria da máquina de lavar, que caraças já avariou depois do seu dia de aniversário! Já não contou como prenda!


Depois avariou-se o esquentador! Porra, que falta de pontaria também avariou uma semana depois do dia dos namorados!


Para ajudar à festa avariou-se o ferro de engomar! Vá, essa foi uma prenda para o Varu, pois essa tarefa calha quase sempre aqui ao bicho! (Aqui já não é feminismo!) Vocês, é só quando vos interessa!


Foi tudo equipamento não do melhor mas lá perto, eu sou dos que só gosta de gastar o dinheiro uma vez, pena tenho eu que as coisas não durem a vida toda!


Por isso nada disto foi prenda!


Celebramos o nosso aniversário de casamento e eu já com a ideia da “panela” cedi á pressão e levei a mais que tudo à belgica! ( Digam lá que não sou um querido!)

 

Pois, agora vos digo que desta não passa! Vai mesmo levar com ela, ou serei eu que vou?!
Provavelmente serei eu, mas a sê-lo ao menos levo com a convicção que uma dessas cenas eletrónicas não é essencial, é um luxo e como tal é e deve ser considerado como prenda!


Feitas as explicações eu e o varuzinho junior fomos às compras, corremos 2 centros comerciais, e só consegui arranjar porque tenho “connects!”


Fomos ver o Star Wars e saímos de onde estávamos a correr para ir para a outra superfície buscar a nossa encomenda! ( Depois falarei do filme, sim porque eu também sou um blogger com opinião!)


O problema deu-se em que teríamos de ser nós a fazer o embrulho!


Como é que é?! Isto custa o CA&$#” e eu é que vou ter de embrulhar!


Ok, está decidido, a prenda será o embrulho, numa de “do it your self!”


Então eu e Junior, tomamos de assalto a mesa, o papel, a tesoura e foi uma odisseia, estragamos bué de papel (foi só um pouco!) era sempre curto e cada vez que estava à medida ele ou se rasgava ou ficava agarrado à fita-cola e acabava por se rasgar!


A fila por trás de nós começava a ser imensa e nós já transpirávamos por todos os lados!


O varu só dizia, tu não deixes ninguém filmar as nossas cenas, se não ainda acabamos nos mais vistos do ano!


Sinceramente nem sei como é que acabamos o embrulho, só sei que acabamos com o papel e saímos de fininho antes que as pessoas que estavam na fila se apercebessem que “Ups … Gingle Bells Já não há papel!
Não faz… Mal… Não faz mal, limpa-se ao Jornal!”

 

Quer dizer, eu ainda ouvi umas xingadelas, mas não sei porque eu já tinha os ouvidos preparados para quando entregarmos a prenda, por isso escusam de reclamar que o varu é de ideias fixas.


Há, aproveito para dizer que lhe comprei o último do Sparks, acham que fiz bem?


Queridas Varuzinhas, aqui o bicho deseja-vos um Feliz Natal para todas e para as vossas famílias, escusam de me pedir nos vossos sapatinhos de cristal porque eu apesar de pequeno, sou avantajado, quer dizer gordo, nada de ideias maldosas.

 

Beijos nessas barriguinhas!

33 comentários

Comentar post

Pág. 1/2