Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu Varufakis porque me apetece!

Sou louco, tenho 45 anos e há na loucura um prazer que só os loucos conhecem.

Sou louco, tenho 45 anos e há na loucura um prazer que só os loucos conhecem.

Hoje é o dia em que vou dizer parvoíces ao quadrado!

Aproveito este post para dar motivos a todos aqueles que querem ver o Varu a ser queimado vivo!

Durante esta semana tive de me deslocar ao Hospital, estava na sala de espera, quando entre muitas pessoas que se deslocam aos hospitais entra um casal.

Uma loiraça, ufa que até doía! Toda bem-posta (não gostava da indumentária, mas nua devia de ser um espetáculo, ou então não). A gaja levava uns óculos à “Amália, vestido um top preto tipo desportivo de licra com uma camisola branca larga com um decote que ficava quase abaixo dos balões de soro que entretanto ela podia emprestar-me!

Depois trazia uma calças que eu não gosto mesmo nada, assim tipo árabes em que o cós (acho que é assim que se chama) fica ao pé dos joelhos, parece um puto de 1 ano com a fralda toda mijada e que já chega ao pés!

Atrás dela vinha um preto (Sim preto, eu vi, não me fodam o juízo!), enorme, com os esteroides e o megamass todo a bombar!

A tipa faz a inscrição, pelos vistos era ela que sofria da maleita, quando ela teve de dizer o que tinha levantou os óculos! Que caraças!! Tinha o olho mais negro que ele!

 

Pronto ficou instalada a confusão na cabeça das pessoas, o gajo olhou para mim e quase que me comia!

Eu comecei a pensar, no que será que esta gente pensa e comecei a fazer um execicio que consistia em olhar para as pessoas e tentar imaginar o seu pensamento.

1ª Pessoa uma senhora com uns 65 muito arranjados, pintadinha de novo, toda cromadinha, pensava: “ Que pouca vergonha, bater na rapariga (sim porque pelos vistos eram só namorados) Estes tipos vem para cá para dar cabo disto tudo!”

 

2ª Pessoa uma outra mulher, aparentava ser pobre mas acima de tudo de fraca cultura e educação, pela forma como falava (gritava) “Cabra, mereceste, devias de levar mais nessa tromba, vens para aqui provocar os homens assim vestida! Sem vergonha!”

 

3ª Pessoa o segurança, que seguramente estava a pensar em chamar a polícia e fazer uma participação, sem saber ao certo o que se teria passado, mas tudo apontava que estava perante um caso de violência, que só não era doméstica porque provavelmente teria acontecido num qualquer boteco onde este tipo de gente vai! Miséria!!

 

Ok, eu… Pronto eu e para evitar polémicas fui o único que tentei descortinar a coisa pelo lado isento, sem olhar à raça e ao tipo dos intervenientes, então o que é que eu pensei!

 

A coisa aconteceu assim, ela deve ser ninfomaníaca e ele a atender pelo tamanho deve ter uma verga daquelas super XXL, enfim num momento mais acalorada da cena foi-lhe ao olho!

 

Sr. Dr. São coisas que acontecem!

 

70 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D