Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu Varufakis porque me apetece!

Sou louco, tenho 45 anos e há na loucura um prazer que só os loucos conhecem.

Sou louco, tenho 45 anos e há na loucura um prazer que só os loucos conhecem.

Eu Varufakis, atesto por minha honra estar inocente!

Não, não fui preso por fuga de capitais e nem fui acusado de proxenetismo com modelos pagas a peso de ouro!

O que se passou foi o seguinte;

 

No passado sábado, fui jantar a casa de uns amigos, tudo normal, até que ao cumprimentar um amigo (batido) de longa data ele diz-me ao ouvido ” tens o colarinho sujo de batom!”

 

Pá, admito que levei aquilo na brincadeira, até que fui à Wc e de facto tinha o colarinho sujo de algo que a não ser batom, seria uma substancia muito duvidosa!

 

Fez-me lembrar a “estória do tipo que ia a conduzir e a meio da viagem, olha para o lado e vê um sapato!

“O gajo entrou em pânico e pensou, foda-se que a gaja deixou aqui um sapato”

Como quem não quer a coisa, abriu a janela e mandou o sapato fora!

Entretanto e já numa estação de serviço, pararam e ouve-se “o meu sapato?”

Era a sogra que tinha-se descalçado durante a viagem!

 

Enfim… Nem tudo o que parece é, e eu, assim que cheguei perto deles, disse à mais que tudo, afinal ele tinha razão tenho o colarinho sujo de batom.

O que é que se terá passado!

A resposta é simples, o filho conseguiu fugir da cave (gosta de alguma roupa do pai) e tinha ido dançar ou curtir, ou o diabo a sete, que ia arranjando um 31 do Caralho!

 

O que me safa é eu ser feio e pequenino, há certas coisas que são impossíveis de acontecer aqui ao Varu!

 

A mais que tudo ser uma mulher de bom senso, porque se fosse a gaja dos alguidares! Nem quero imaginar!

 

Isto só a mim!!

28 comentários

Comentar post