Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu Varufakis porque me apetece!

Sou louco, tenho 45 anos e há na loucura um prazer que só os loucos conhecem.

Sou louco, tenho 45 anos e há na loucura um prazer que só os loucos conhecem.

O varu laboral

Eu bicho Varu me confesso e perante vós irei percorrer a minha via-sacra.

Estou deveras abichornado pois esta semana tive de trabalhar!

A semana ainda não acabou e já eu estou à beirinha, mesmo, mas mesmo à beirinha de um ataque de nervos!

Estou do outro lado da vedação, mas confesso estar mesmo à beira de a saltar e com isso virar um taliban profissional.

Já vos disse que tive e tenho de trabalhar esta semana?

Sim, o pior nem é ter de trabalhar , o pior mesmo é alguém ter-se lembrado de meter a trabalhar comigo um puto na faixa dos 20 anos!

Pá eu tenho dois filhos nessa faixa de idade,conheço bem essas mentes maquiavélicas e “tungss…Tungssss..Ungsss Ungsss!"

O puto até é atinadinho, não fossem aquelas calças abaixo das nádegas que me irritam solenemente, com uns boxers a dizer “amendoim pequeno” em inglês ou seja Kalvin Klein! Desculpem lá o meu fraco inglês!

Confesso que não gosto de ver gajos com o rego ao leu nem tão pouco gosto de saber qual a marca de roupa interior que usam.

Mas a coisa ainda consegue ficar pior que isto, mas muito pior mesmo, agora pergunto eu e respondam-me se souberem, como é que um tipo usar a mesma roupa interior dois dias seguidos e ainda a mostrar como se realmente aquilo tivesse algum motivo de interesse?

Pois é minhas caríssimas Varuzinhas aqui o Varu só usa cueca, e posso afirmar em alto e bom som que compro o tamanho 58 copa A ou seja sou gordo mas o amendoim não acompanha o resto da embalagem, mas sou um bicho lavadinho e asseadinho capaz de fazer milagres com a língua!

Por isso e de maneiras que é assim!

Antes, isso do que outra coisa!

 

O Varu na plateia!

Gosto de ténis, nunca vi um jogo de ténis ao vivo, por isso resumo-me há minha insignificância.


Imagino de facto que aquilo deve ser giro de andar ali a virar a cabeça como se não existisse amanhã!


Como nunca vi um jogo de ténis, lembrei-me e fui ver a Bela e o Monstro (versão Original)
Que grande merda de filme, aquilo sem músicas era tão mais fixe! Digo eu que detesto musicais.


Um dia ainda faço uma versão daquilo assim em modo Senhor dos anéis, uma coisa a sério, só com grunhidos em vez de músicas!


Mas o que é que um filme tem a ver com um jogo de ténis, perguntam vocês? (Não perguntam nem querem saber, mas apeteceu-me dizer isto.)


Comprei os bilhetes para a família Varu nos cinemas UCI, na boa, o varu junior precisava de comprar umas cenas e lá fomos nós.


Quando fomos para a sala, diz a menina do controle dos bilhetes” A sala esgotou, não há lugares marcados, está uma confusão!”


Ups, lugares disponíveis, primeira fila! Puta que pariu! Eu tenho mesmo um olho pequenino, e uma amplitude de visão muito reduzida, de facto eu para ler as legendas tinha de estar em modo jogo de ténis!


Que brutal dor de cabeça, fiquei pior que o monstro pá, só me apetecia escavar uma bela de raiva!


As coisas que um gajo faz pela mais-que-tudo! Saí de lá com um aquecimento no pescoço que nem precisava de massagens!


E prontus de maneiras que é assim, naquele cinema,provavelmente nunca mais!

Varu encomenda um casalinho de gémeas.

Não faço a mínima ideia se a notícia é verdadeira ou não, no entanto ao ser verdadeira presumo que já muito se tenha escrito e dito sobre o assunto.


Eu como um bom bicho Tuga que sou reservo-me ao direito de dizer o que penso sobre isso.
E o Isso o que é?


Ouvi dizer que o Ronaldo mandou fazer mais dois filhos!


Então não é outra tipa armada em artista que está à espera de gémeos?


Hum, estou confuso, mas isso já é o meu estado normal.


Vamos às alegações, se cada um pode fazer o que quer da vida, dizer o que quer, agir como quer e bem entende, isto deixa de ser um estado de direito e passamos a viver em completa anarquia, depois não se venham queixar que fulano disse isto ou fez aquilo, porque seja de que forma for, ao agirmos por esta via estamos sem qualquer sombra de dúvida a legitimar atos e pessoas.


Não concordo nada com esta sua decisão de encomendar os miúdos, até porque os encomendou com molho de tomate e eu detesto!


Podem vir os arautos da desgraça dizer que eu sou um invejoso, burro e preconceituoso, sim sou e bastante!


Não aceito seja de que forma for que as nossas decisões possam influenciar um segundo ser, a isso chama-se imposição, desrespeito e revela um completo desconhecimento para os efeitos e consequências que tal ato possa ter na vida de uma criança.


Mas pronto, o gajo é super rico, ele trata super bem o filho e vai tratar estes dois da mesma forma.


Mas o ser rico dá o direito de fazer só porque é rico?


Dar dinheiro e uma boa vida a uma criança, molda o seu estado psicológico?
É claro que não, a personalidade de uma criança não construída nesses pressupostos nem tão pouco nos afetos, é construída por uma série de fatores que o meio envolvente nos fornece que nos fazem interagir.


Dar um nome do tipo “Lioncemamada”, ainda que possa ter muito dinheiro, logo irá sofrer com o nome e com os seus progenitores.


Ser rico e tomar essas decisões não é altruísmo é extravagancia.


Por exemplo se eu fosse rico, com a certeza absoluta que adotaria uma série de miúdas vindas da Roménia porque acho que elas merecem ser melhor tratadas!
Porquê só Romenas? Porque sim, porque sou rico e extravagante! E parvalhão, mas isso já toda a gente sabe.


E Prontus de maneiras que é assim!

O Varu vai com as Varuzinhas para os Copos!

Portugal, terra de Putas e Vinho verde!


A propósito de todas estas tretas do direito de expressão, de dar voz às minorias e até pelo facto de não podermos condicionar vontades e direitos!


Toda a gente diz o que lhe vai na alma, a diferença é que quem exulta a favor da ditas causas sociais da liberdade de direitos é aplaudido e quem ousa a dizer algo que é politicamente menos correto é literalmente comido na praça pública.


Assim e ao abrigo do direito à opinião, temos casos de gajos como aquele deputado europeu que fala do direito das mulheres, que são de facto fraquinhas e que devem ficar sempre por baixo (coitado um dia que proves uma por cima nem sabes o que vais gostar!)


Seguindo e andando até chegar ao dito presidente do Eurogrupo com um nome tão estranho que até me dá nojo!


Este fez-me lembrar uma vez um Alemão que falava comigo numa conversa super informal a respeito dos Gregos, dizendo-me que eles não tinham futuro, que um dia seriam única exclusivamente mão-de-obra pouco qualificada e barata a trabalhar na Alemanha e afins!


Fiquei em pânico e respondi-lhe ao ser Português que provavelmente no futuro iria ser o seu jardineiro! (Coitado, quase que cavou ali um buraco)


Somos sim, uma nação de putas e vinho verde, adoramos gajas (Pronto lá vem uma qualquer associação culpar-me de descriminação) petiscos e noitadas, mas devo dizer que prefiro ir às putas na Holanda, ou até na Alemanha, em relação à Cerveja só mesmo na Alemanha.


Entendo perfeitamente a inveja do nosso modo de vida, eu também invejo o deles, ter a liberalização das drogas, sexo legal e com pagamento de impostos e algumas outras coisas que de facto até são melhores que nós.


Mas e há sempre um mas, nós aqui à beira mar plantados temos muito mais que isso e se não temos mais ainda é porque em alguns casos somo pequenos e mesquinhos, olhamos só para as coisas no momento, somos ótimos em fazer campanhas e aderir a causas.


Na minha opinião somos pouco práticos, muito pouco objetivos e com muita pena minha estamos a voltar ao passado e a cometer os mesmos erros, temos uma enorme capacidade de improvisação o dito desenrasque mas temos uma fraca capacidade de organização e de aprendizagem.


Lamento muito que assim seja, lamento ainda mais que a Holanda esteja tão longe, agora ia lá a uma casa da especialidade!

E Prontus, de maneiras que é assim!

O Varu está desconfiado!

Não é à toa que em bom  “Tuguês” se diz… “Quando a esmola é demais o pobre desconfia!”


Ando desconfiado com a máquina de lavar roupa la de casa!


Ahhh, já todas a esfregar as mãos a pensar que eu ia falar de sexo!


Não vou, ou quer dizer se calhar vou!


Não vou, é melhor não, porque a máquina la de casa deixou de fazer a sua função no que ao sexo diz respeito, pois nem sempre faz a centrifugação e isso limita a atividade sexual aqui do Bicho!


Não posso confiar nela, até porque às vezes estou ali à espera de uma ajudinha e ela nada, e eu já tenho falta de forças nas canelas, por isso tomei como opção na usar mais, e não pensem que é por preguiça de meter a roupa a lavar ou até de a tirar da máquina e de a estender!


Tarefa essa que o varu desempenha com mestria e afinco, só falho mesmo é na parte do pirafo!


Hoje em dia a qualidade das coisas é tão má como um pirafinho do amandoim!

 

Uma máquina com dois aninhos acabados de fazer e já começou com os amoques e dores de cabeça!


Como é que é possível, o estranho é que o Varu quando comprou a bichana, fez um seguro e agora...


Recebeu uma carta do seguro a dizer que pode ir comprar outra máquina do mesmo valor na mesma loja!


Sabendo eu o que sei sobre seguros, se olharmos para os telemóveis é tudo mesmo uma enorme treta, eu até estou assim um bichinho com cara de parvo porque até nem quero acreditar com o bom funcionamento do serviço!


Agora o dilema é compro eu outra igual? Da mesma marca? Diz-se que quando se muda, raramente é para melhor!


Acho que vou passar uns tempos a lavar as roupitas à mão!

O Varu, O seu amendoim, dois tomates e um anel!

Vamos cá ver uma coisa Eu continuo a ser um bicho Parvo!

Isto dito assim até dói, mas essa é que é a verdade, eu podia estar para aqui a arranjar desculpas e essas coisas todas para explicar a minha ausência, mas a verdade é que eu sou um bicho parvo e não é por não “vir” aqui com tanta regularidade que deixo de ser parvo e fazer parvoíces!

Sou um bicho super mas super influenciável por fatores externos, internos e interplanetários, então e como sempre gostei muito de brinquedos decidi comprar um brinquedo novo para mim.

Ainda pensei em comprar uma grande bomba para levar a mais-que-tudo a passear mas achei que assim o brinquedo seria mais para ela e pensei, Não Varu tu tens de ser mais egoísta, tu compra mas é um anel para o teu amendoim!

Como sou bem-mandado, assim o fiz, fui a uma sexshop e perguntei” Desculpe tem anéis para Amendoins?”

Segui a menina e lá fui até à Vitrina para ver o que havia, “desculpe isso não dá, isso é Claustrofóbico, Tadinho do amendoim e das sementes!”

Nop, não pode ser nada, até que vi um todo XPTO e pensei, vai ser este!

Wrong! Vocês podem nem acreditar, mas aquilo não dá para meter um tremoço quanto mais um amendoim!

E agora, o que é que eu faço com aquilo? Alguma sugestão?

Para grandes males grandes remédios e vou ensinar-vos um segredo, em mais uma técnica de poupança!

Acho que este post irá ficar entre um qualquer parvo e de cariz sexual com um misto do fodas poupança!

Rapaziada, para agradarem às vossas mais que tudo e sobretudo meter ali o amendoim firme e hirto com a tomatada toda espremida de uma forma lowcost, há que arranjar uma coleira de pele, pode até ser aquela que usam para prender as mãos da, ou para meter ao pescoço da gata!

Desde de que como no meu caso eu tivesse tido de fazer mais uns milhentos furinhos para ver se pelo menos apertava alguma coisa!

Agarram nela e tunga já está, é sexo ao rubro pelo menos durante 33 segundos e 44 centésimas!

Contas, anel para o amendoim (que não serve) 25€ / Coleira em pele 2€!

E prontos de maneiras que é assim, volto daqui a 4 anos com mais parvoíce!